O que é enxaqueca, como tratar com a aromaterapia e com florais

Inicialmente, é preciso compreender o que é enxaqueca. Existe muita desinformação e confusão sobre essa doença. Segundo a medicina alopática, enxaqueca não é uma simples dor de cabeça. Ela é uma disfunção dos neurotransmissores herdada e transmitida geneticamente; uma doença química, crônica e genética do próprio cérebro. Essa doença pode provocar dores de cabeça e ainda outros sintomas como tontura, enjoo, náuseas, enjoo quando nos deslocamos de carro, ônibus, avião, dentro vários sintomas provocados por essa falha nos neurotransmissores. Existe enxaqueca com aura (que são os sintomas adversos que relatei acima) e a enxaqueca sem aura, ao qual a dor chega sem nenhum sintoma antes.

E importante não abusar do uso de analgésicos, pois além de ser prejudicial a saúde, com o tempo eles deixam de ter efeito sobre a dor, mesmo aumentando a dose. A maneira mais natural de resolver segundo a medicina alopática é mudando o estilo de vida. É preciso aumentar o produção de endorfina no organismo, um neuro-hormônio produzido naturalmente pelo corpo que possui um ação analgésica. E a melhor maneira de aumentar essa produção é através de atividades aeróbicas, que devem ser feitas de forma continua durante toda a vida.

A medicina tradicional chinesa explica que as dores ocorrem devido a um desequilíbrio energético em nosso corpo. Ela se baseia no conceito de Yin e Yang, onde um lado promove o equilíbrio do outro, e também no conceito do Qi (energia vital). Nós possuímos ao todo 12 meridianos principais, e essa energia percorre todo o nosso organismo. A medicina tradicional chinesa explica que a dor ocorre quando a energia está estagnada nos meridianos. No caso de dor na cabeça, pode-se concluir que a depender da sua localização é possível descobrir quais órgãos estão com desequilíbrio energético. Em geral, dores na cabeça para a MTC representam desequilíbrios no fígado, vesícula biliar, estômago e bexiga.

Aprofundando um pouco mais sobre o conhecimento da medicina tradicional chinesa, o fígado está relacionado a emoção da raiva. Em sentido mais amplo, podemos citar estados emocionais como irritabilidade, ressentimento, frustração, ira, ódio, amargura, indignação e etc. Se esses estados emocionais permanecem por muito tempo podem provocar a estagnação do Qi no fígado e consequentemente gerar a dor na cabeça, tontura, rigidez na nuca, depressão dentre outros sintomas.

E como os óleos essenciais podem ajudar no tratamento da enxaqueca?

Quer saber como? Tenha acesso ao conteúdo exclusivo

Apenas 2 euros por mês. Cancele quando desejar.

Leia mais sobre este conteúdo ao tornar-se assinante hoje.